O melhor investimento pode acabar em pizza

pizzaNa próxima vez que você for a um rodízio de pizzas, pergunte ao garçom qual a melhor pizza da casa. Se você der a sorte de encontrar um garçom simpático e honesto a sua resposta será: “depende”. Sim, depende! Você é vegetariano? Tem intolerância à lactose? Sofre de glutenfobia? Prefere doces ou salgadas? Com ou sem ketchup? Em fatias ou cortada à moda francesa? – A essa altura você já estará faminto e qualquer pizza será a melhor pizza que você terá comido na vida.

Que os consultores financeiros não me ouçam (ou melhor, não leiam esse texto), mas eu os vejo como garçons de um rodízio de investimentos. Eles conhecem o portfólio das corretoras em detalhes, assim como o garçom conhece o cardápio do restaurante. Eles sabem explicar sobre cada ativo, assim como o garçom explica cada pizza. Eles usam algumas palavras que eu não entendo, assim como o Seu Severino, garçom de uma pizzaria lá perto de casa. E se você perguntar a qualquer um deles qual o melhor investimento, você ouvirá o famoso “depende”.

Claro que depende! Por quanto tempo você pretende manter esse investimento? Existe alguma chance de você precisar desse dinheiro para uma emergência ou imprevisto? Quais são seus objetivos com esse investimento? Você está em uma fase de acumulação de patrimônio ou você já vive da renda? O quanto você conhece sobre investimentos? O quão tolerante você é ao risco? Se o valor de um título ou ação começar a cair você sacaria o dinheiro e correria para os Poupançudos da Caixa ou compraria mais desse título ou ação para aproveitar a queda do preço?

Essas perguntas vão ajudar o consultor a traçar o seu perfil de investidor. Ele determina em qual dos grupos você melhor se encaixa: conservador, moderado ou agressivo. Todo banco ou corretora solicita que você faça essa avaliação antes de começar a investir. Com uma busca rápida na Internet você encontra centenas de sites com versões de simuladores de perfil de investimento, como por exemplo o deste artigo. Conhecendo melhor o seu gosto o garçom iria recomendar não uma, mas algumas pizzas que você deveria experimentar, digo, o consultor recomendaria não apenas um investimento, mas sim uma lista com alguns investimentos diferentes para que você distribua seu patrimônio em percentuais adequados ao seu perfil. Ou, como eles gostam de falar: “para que você diversifique a alocação dos seus recursos”.

Mas se eu amo pizza Margherita, não vou querer que 20% da minha pizza seja de pepperoni e 10% de calabresa!

Bem, diferentemente da pizzaria ali da esquina, o mercado financeiro é um restaurante dinâmico, e o sabor dos investimentos, ou melhor, a sua rentabilidade, é diretamente influenciada por fatores como variação da inflação, tendência da taxa de juros, liquidez, dentre outros. Conhecendo o seu perfil de investidor, sabendo os seus objetivos, e alocando os seus investimentos de forma diversificada, você estará aproveitando os ativos com rentabilidade em alta e, ao mesmo tempo, estará reduzindo os riscos de que a sua independência financeira acabe em pizza ou coisa pior, afinal, você não vai querer comer uma pizza Quatro Queijos se o seu perfil de investidor for intolerante à lactose.

2 respostas em “O melhor investimento pode acabar em pizza

  1. Pingback: Diversificação em renda variável | A Tal Independência Financeira

  2. Pingback: Como montar sua carteira de investimentos | A Tal Independência Financeira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s