CRI e CRA (eu sei, mais siglas!)

Este é o quarto e último post da série nos quais analisamos alguns dos principais tipos de investimentos de renda fixa. Já falamos sobre empréstimos ao governo através do Tesouro Direto e sobre empréstimos aos bancos através de CDB, LCI e LCA. Neste quarto post vamos conhecer um pouco sobre CRI e CRACertificado de Recebíveis Imobiliários e Certificado de Recebíveis do Agronegócio.Não atirem, sou apenas o mensageiro! Neste momento deve ter um grupo de economistas super graduados pensando na próxima sigla que vão criar. O meu papel neste blog é tentar decifrá-las. Preparados?

Diferentemente da LCI e da LCA, no caso dos CRI e CRA voce não está emprestando dinheiro para o banco, mas sim, comprando uma promessa de pagamento de uma dívida de um produtor rural (no caso de CRA) ou de uma construtora (no caso de CRI), por exemplo. Calma, eu explico!

Na prática, para que um produtor rural possa comprar novos maquinários ou para que uma construtora possa lançar um novo empreendimento, eles precisam de um investimento inicial alto e geralmente conseguem financiamentos ou empréstimos de longo prazo com os bancos. Já os bancos vendem essas dívidas para empresas securitizadoras, a fim de receber o capital antecipadamente. A securitizadora, por sua vez, emite esses “certificados de recebíveis” como um produto de investimento, para que pessoas físicas como eu e você possam investir nessa promessa de pagamento futuro. No fundo, você está “apostando” que a construtora ou o produtor rural terá êxito em seus empreendimentos e capacidade de honrar suas dívidas, e como prêmio acabará ganhando uma rentabilidade mais atrativa do que alguns outros investimentos mais tradicionais.

Normalmente os CRIs e CRAs são títulos de renda fixa de longo prazo, podendo ser prefixados, pós-fixados ou híbridos, atrelados ao IPCA (inflação). Alguns títulos pagam os rendimentos e amortizações semestralmente. E assim como os LCIs e LCAs, seus rendimentos também são isentos da cobrança de imposto de renda. Essa isenção é concedida pelo governo como forma de incentivar investimentos nos setores imobiliário e do agronegócio.

Como este tipo de investimento NÃO conta com a garantia do FGC – Fundo Garantidor de Crédito (veremos em um post futuro), eles são recomendados para investidores mais experientes, que já possuam uma carteira diversificada com CDBs, LCIs e LCAs. Nestas situações, os CRIs e CRAs servem como uma boa opção de diversificação. É importante, porém, estudar a classificação de risco e a empresa antes de investir nesses títulos.

Além do risco mencionado acima, os CRIs e CRAs possuem baixa liquidez, ou seja, se precisar do dinheiro antes do prazo acordado, você terá que tentar vender título para outro investidor por um preço geralmente mais baixo.

E como investir? Basta ir no site da sua corretora, entrar na opção de Renda Fixa e procurar por CRI ou CRA. No momento que escrevo esse post encontrei dois CRIs com as seguintes condições:

  • Construtora A: para um investimento mínimo de R$1.030,66, oferece uma rentabilidade de CDI + 1,5% com vencimento em 24/04/2020
  • Construtora B: para um investimento mínimo de R$1.029,50, oferece uma rentabilidade de CDI + 0,9% com vencimento em 18/01/2021

Agora que já analisamos cada um dos títulos separadamente, no próximo post vou disponibilizar uma planilha que pode ser usada para comparar uns com os outros e decidir quais os mais indicados para os seus objetivos.

Te espero lá! E não deixe de compartilhar com aquele seu amigo ou parente que possa se interessar pelo assunto.

3 respostas em “CRI e CRA (eu sei, mais siglas!)

  1. Pingback: Planilha para comparar seus investimentos | A Tal Independência Financeira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s